Homem que matou ator de Chiquititas abusava da filha desde os 14 anos

Homem que matou ator de Chiquititas

Homem que matou ator de Chiquititas abusava da filha

Paulo Cupertino Matias de 48 anos, matou o ator mirim de Chiquititas Rafael Miguel junto com seus pais no último domingo(9). O motivo seria a descoberta de que sua filha estaria grávida do ator. Esse seria o motivo da visita da família de Rafael que acabou na morte de todos. A versão da gravidez foi desmentida pela garota que afirmou que há muitos dias não via Rafael, o encontro aconteceu para ter uma ‘reaproximação’ e pedido oficial de namoro. Homem que matou ator de Chiquititas

Leia mais: Criança de 7 anos recebe camisinha de presente em festa junina na escola

Vizinhos contaram a polícia que Paulo era extremamente ciumento e que abusava da filha desde os 14 anos e agredia sua esposa. Ao descobrir a gravidez da filha, ficou revoltado e acabou executando a família de Rafael a tiros. Paulo Cupertino ainda segue foragido desde o assassinato. A filha segundo informações só não formalizou a denuncia por medo do Pai, já que ele ainda não foi preso. A jovem também tem vergonha de admitir o ato, o que é comum entre vítimas de abuso principalmente vindo da própria família.

Os corpos de Rafael Miguel, ator de 22 anos, e João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, foram enterrados na tarde desta segunda-feira (10) no Cemitério Campo Grande, na zona sul da cidade de São Paulo.

Durante o cortejo fúnebre, familiares e amigos caminharam ao som de Ave Maria. Emocionada, Isabela foi amparada por amigos e depositou girassóis e um ursinho de pelúcia no túmulo do namorado. “Rafael salvou a minha vida. Ele foi um herói, os pais deles criaram um príncipe, um anjo”, disse Isabela ao deixar o local. A irmã do ator, Camilla, não quis falar com a imprensa e chorava muito. 

Fonte: Misturando

Compartilhe