Lauro de Freitas

Lauro de Freitas: Caso é investigado pela 27ª Delegacia Territorial (DT/Itinga)

Um homem foi encontrado morto dentro de casa, na noite do sábado (4), no bairro de Jambeiro, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador.

Leia mais: Homem com BALA de canhão no ÂNUS faz hospital acionar equipe antibomba

De acordo com a Polícia Civil, ele foi identificado como Orlando Tavares, de 58 anos. Não há informações se ele foi morto a tiros ou com golpes de arma branca. O caso é investigado pela 27ª Delegacia Territorial (DT/Itinga), que foi acionada e expediu as guias para remoção do corpo e perícia.

Lauro de Freitas é a segunda cidade mais violenta do país; outros três municípios baianos estão nos 10 mais

Quatro cidades baianas estão entre os dez municípios mais violentos do país, segundo o Atlas da Violência 2017, divulgado nesta segunda-feira (5). De acordo com o ranking, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), é a segunda cidade do pais com a maior taxas de homicídio e de mortes violentas.

O estudo analisa os dados mais recentes do Ministério da Saúde, referentes ao ano de 2015, e utiliza como critério a soma das taxas de homicídio e de mortes violentas com causa indeterminada (índice classificado pela sigla ‘MVCI’). Outros três municípios baianos aparecem no ranking: Simões Filho, na quinta posição, Teixeira de Freitas, na sétima, e Porto Seguro, na nona.

O ranking só leva em consideração cidades que possuem população superior a 100 mil habitantes, e oito dos 10 primeiros municípios estão no Nordeste.

Veja o ranking das cidades mais violentas:

1º – Altamira (Pará), com taxa de 107 homicídios por 100 mil habitantes
2º – Lauro de Freitas (Bahia), com 97,7
3º – Nossa Senhora do Socorro (Sergipe), com 96,4
4º – São José de Ribamar (Maranhão), com 96,4
5º – Simões Filho (Bahia), com 92,3
6º – Maracanaú (Ceará), com 89,4
7º – Teixeira de Freitas (Bahia), com 88,1
8º – Piraquara (Paraná), com 87,1
9º – Porto Seguro (Bahia), com 86,0
10º – Cabo de Santo Agostinho (Pernambuco), com 85,3

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe