Guarda Municipal não aceita término de relacionamento e tenta matar ex-sogro a facadas

Guarda Municipal não aceita término de relacionamento

Guarda Municipal não aceita término de relacionamento

Um agente da Guarda Municipal de Várzea Grande, identificado apenas como E.A.D.A., é procurado pela Polícia Militar acusado de ter tentado assassinar o “ex-sogro”, no domingo (12), no bairro Jardim Eldorado, em Várzea Grande. O suspeito não teria aceitado o término do relacionamento com a filha do idoso e ainda teria ameaçado a ex-esposa e o filho dela de 14 anos.

Leia mais: Vidente diz que Wesley Safadão e Mileide vão reatar casamento

Conforme informações do boletim de ocorrência, a ex-companheira do agente, identificada como V.F.S., de 38 anos, disse que está separada do suspeito e que ele tenta reatar o casamento.

Na denúncia, a mulher afirma que ao voltar do mercado, na noite de domingo, encontrou o suspeito dentro da sua casa armado com uma faca tentando esfaquear o pai, um idoso de 64 anos.

A denunciante conta que, ao tentar falar com o suspeito, o homem agiu de forma agressiva e xingou o seu pai de “velho, vagabundo e desgraçado”. A comunicante disse acionou a Polícia Militar e que, antes da chegada dos policiais, o agente fugiu da residência.

Os militares realizaram rondas pela região, mas o suspeito não foi localizado.

Aos policiais, a mulher disse que teme pela vida, pois o ex-companheiro já ameaçou de atear fogo na sua casa. Além disso, a vítima diz ainda que o suspeito é agente da Guarda Municipal de Várzea Grande e que ela tem medo de sair de casa.

Durante o registro da ocorrência, o filho da vítima ligou para o suspeito, pois queria saber o que havia. Porém, o homem ameaçou o adolescente e o xingou de “vagabundo”.

O fato foi registrado na Central de Flagrantes e deverá ser investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande.

Compartilhe