Grávida revida cantada com um tapa na cara, e é morta a tiros

Grávida revida cantada com um tapa na cara, e é morta a tiros

Grávida revida cantada Tatiane Dias da Silva, de 20 anos, que foi morta a tiros depois de revidar uma cantada com um tapa, estaria grávida de um mês, segundo a amiga e vizinha Bianca Gonçalves Nunes.
O crime ocorreu neste sábado (19) em Prudêncio Thomaz, distrito de Rio Brilhante (MS), na casa onde a vítima morava.
A jovem estava bebendo com amigos e o namorado na varanda da residência. Quando a bebida acabou, o casal foi buscar mais no bar que fica bem em frente a casa.
O dono do estabelecimento, Jorge Luiz Lopes, relatou como tudo aconteceu. “O autor esteve lá e mexeu com ela, inclusive acho que passou a mão nela. Foi onde ela efetuou um tapa cara dele.”
Jovem é morta a tiros após revidar cantada com um tapa em MS (Foto: Reprodução/Facebook) Jovem é morta a tiros após revidar cantada com um tapa.
Testemunhas disseram que o homem ficou inconformado depois que levou o tapa e disse que ia buscar uma arma para matar Tatiane. Ele entrou no quintal da residência armado e disparou cinco vezes. Quatro tiros pegaram nas costas e um no braço da vítima.
Depois de atirar o homem fugiu. Como o delegado de Rio Brilhante está em férias, o responsável pelo caso é o delegado Roberto Faria, de Nova Alvorada do Sul (MS). Ele disse que o homem não tinha passagem pela polícia e que agora é considerado foragido.
“Ele demonstra ser uma pessoa perigosa. Mas eu chamo atenção que sempre está ocorrendo de termos bebida alcoólica por trás desses crimes”, afirmou o delegado.
Bianca disse que não consegue entender tamanha crueldade. “Ninguém imaginava isso dele, porque sempre conversava com a gente de boa, nunca fez essas coisas e pra faz isso agora.”
A polícia ainda faz buscas atrás do suspeito.
O núcleo regional do Instituto de Medicina Legal de Dourados disse que o corpo de Tatiane foi liberado para a família na tarde deste sábado.
Grávida revida cantada
LEIA TAMBÉM 

Veja vídeo: População mata 2 bandidos e desfilam com os cadáveres pela rua

Fonte: galvestuntum.blogspot.com.br
Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*