Flordelis faz declaração polêmica que pode interferir na defesa do filho

Flordelis

Flordelis faz declaração polêmica na delegacia

Flordelis, que é deputada federal pelo PSD-RJ, teve seu marido assassinado na madrugada deste último domingo (16). Um dos suspeitos da morte do pastor Anderson do Carmo é o seu filho Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos. Nesta última quarta-feira (19), ela foi até a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e também de Itaboraí, para tentar ver o seu filho, porém não teve sucesso.

A parlamentar chegou lá em torno do meio dia e saiu de lá meia hora depois. Na oportunidade ela estava junto de dois filhos e um novo advogado. Ela também levou roupas e comida para seu filho. Só que a delegada da DHNSGI não deixou os pertences serem entregues e nem deixou que ela tivesse contato com Flávio.

Quando chegou no local Flordelis disse que foi lá para saber como estão as coisas e que não tinha sido intimada a depor. Ela também fez uma polêmica declaração: “vim visitar meu filho . Não acredito no envolvimento deles. Quero que seja feita justiça pela morte do meu marido, seja quem for”.

Mesmo dizendo que ela não acredita na culpa dele, a arma do crime foi encontrada em sua casa e ela disse estar surpresa com isso. Essa declaração da pastora por interferir na defesa de seu filho, pois ele é o principal suspeito do crime.

Flordelis também comenta algo que tem deixado a investigação um pouco mais complicada. O celular de seu esposo não foi entregue para a polícia, pois a parlamentar afirma que não sabe da localização do aparelho.

O novo profissional que está cuidando do caso da família disse que Lucas dos Santos não confessou o assassinato do pastor, porém fontes disseram que o seu irmão, Flávio, é quem foi o mandante do crime.

Compartilhe