Cantora Aline Barros diz que católicos não são filhos de Deus

Cantora Aline Barros diz que católicos não são filhos de Deus

Opinião de cantora gospel foi criticada até mesmo pelos seus fãs na web.

Será que todos somos filhos de Deus? A Cantora Aline Barros parece que não cansa de se meter em confusão. Ela, que é conhecida em todo o país por ter uma linda voz, acaba dando o que falar também pelas polêmicas opiniões que acaba dando, com algumas sendo mal interpretadas por milhares de pessoas.

No passado, a profissional da Música ficou conhecida por fazer ofensas aos homossexuais. Agora, chegou a vez dos católicos.

Leia também:

Satanás é o nosso verdadeiro senhor, só os idiotas acreditam em Jesus, diz Jay-Z

Segundo informações do site TV Foco, em matéria publicada nesta quarta-feira, 17, Aline Barros não chegou a dizer com todas as letras, mas acabou insinuando que quem comemora a quarta-feira de cinzas, feriado depois do Carnaval, não seria filho de Deus.

A profissional da música ainda insinuou que apenas os evangélicos seriam filhos do todo poderoso, por não “comemorarem” a data. O relato foi feito em uma publicação no Facebook. O que Aline esqueceu de pensar é que comemorando ou não, o feriado é para todos, assim como outros baseados em aspectos religiosos, como o Natal e a Páscoa.

A publicação foi feita são ela chegou na cidade de São Luiz, no Maranhão. De acordo com Aline, os evangélicos tem a chamada quarta feira de fogo e não de cinzas. Não demorou muito para que o post recebesse uma enxurrada de críticas, especialmente por parte de católicos, que acharam ofensivo o texto publicado pela famosa. Eles usaram os comentários para pedirem uma retratação da cantora.

Leia também:

Uma Mulher acaba de dar a luz ao filho de Satanás, o Anticristo e choca médicos durante parto

Não foram só os católicos que acharam o texto desrespeitoso, mas também pessoas de outras religiões.

Apesar de ser declarar evangélica, o trabalho de Aline Barros é ouvido e respeitado por várias denominações religiosas. Após tanta reclamação, só sobrou para cantora fazer uma edição no texto. Até o fechamento desta matéria, no entanto, ela não tinha pedido desculpa pelo o que escreveu, nem mesmo disse que a publicação poderia ter outro tipo de conotação.

Não é a primeira vez que uma cantora evangélica se envolve em uma confusão com católicos. No passado, Ana Paula Valadão chegou a declarar o fim da igreja milenar. O fato acabou virando piada na internet.

filhos de Deus

Fonte: br.blastingnews

Compartilhe