Estudante de direito joga recém-nascido do 10º andar de prédio 

Estudante de direito joga recém-nascido do 10º andar

Estudante de direito joga recém-nascido do 10º andar de prédio

Uma estudante de Direito de 18 anos está sendo acusada de ter jogado um recém-nascido, com 7 meses de gestação, do 10º andar de um prédio em São Paulo, na madrugada de ontem (7). De acordo com a 42º DP, a criança foi encontrada morta por volta das 7h em um prédio vizinho. Estudante de direito joga recém-nascido do 10º andar.

BARBARIDADE: Mãe mata e esquarteja o próprio filho de três meses

A mãe da jovem declarou à polícia que a gravidez foi indesejada e escondida da família. Segundo a estudante, ela entrou em trabalho de parto na noite da quinta-feira (6), quando sua bolsa estourou. Quando o trabalho de parto acabou, ela escondeu a placenta no ralo do banheiro e, após a meia noite, jogou o recém-nascido pela janela.

A família soube da gravidez quando encontrou a placenta no banheiro, e encaminhou a jovem até um hospital, onde ela passa 48h em observação. A polícia investiga se a criança morreu após a queda ou se nasceu morta, e exames irão determinar se o parto foi natural ou por aborto. A jovem será indiciada por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

Fonte: site metro1

Compartilhe