Estes 4 fatores acabam com qualquer relacionamento

4 fatores acabam com qualquer relacionamento

4 fatores acabam com qualquer relacionamento

Ninguém disse que o amor é fácil. Os relacionamentos começam com entusiasmo: há a fase da conquista, do êxtase de encontrar aquela pessoa, dos primeiros encontros perfeitos, e depois surgem as primeiras brigas e também as primeiras reconciliações.

Depois, as coisas ficam mais sérias, de repente os defeitos e as manias alheias ganham destaque, surge a rotina e o ciúme, que advém da intimidade e da convivência intensa. 4 fatores acabam com qualquer relacionamento

Leia mais: Menino autista de 6 anos desaparece e polícia faz triste descoberta

Não é à toa que muitos relacionamentos chegam ao fim, ao contrário do que se possa ter pensado nos primeiros meses de namoro e de paixão.

Mas afinal, quais são os fatores que complicam o andar da carruagem para os casais apaixonados. O colunista Eric Barker, da revista norte-americana Time, reuniu quatro:

1 – Críticas em excesso

Fazer observações e reclamações é permitido. O problema é quando essas críticas são feitas em direção à pessoa e não ao comportamento dela – são coisas diferentes. Fazer críticas por meio de ofensas é sempre uma péssima ideia.

2 – Menosprezo

Ser menosprezado pela pessoa com quem namora ou está casado é definitivamente um comportamento nefasto. Revirar olhos, chamar nomes, gozar e usar e abusar de ironia e sarcasmo, é um não refere o especialista. O menosprezo é realmente venenoso e pode acabar com qualquer relacionamento.

3 – Colocar a culpa no outro

Quando a discussão se fundamenta em colocar a culpa no outro, é porque as coisas não estão bem. Culpar uma pessoa por alguma coisa e deixar-lhe isso claro é uma forma bastante eficiente de quebrar os laços de qualquer relacionamento.

4 – Desistir de falar

Colocar uma barreira entre si e a outra pessoa, evitando falar sobre os problemas, fugindo, batendo portas e permanecer em silêncio não só não é uma forma de resolver o conflito como, na verdade, é um meio de acabar com o relacionamento. Perder a vontade ou a habilidade de falar com uma pessoa obviamente faz com que perca também a vontade de ficar ao lado dela.

Outras considerações interessantes

Baker retirou essas informações de pesquisas realizadas por John Gottman, que estuda casamentos há mais de 40 anos e é capaz de dizer, após cinco minutos de conversa com um casal, com 91% de precisão, se dar-se-à ou não divórcio.

De acordo com os levantamentos de Gotman, diferenças de opinião não são propriamente um motivo para o fim de relacionamentos, mas a forma como os casais lidam com essas diferenças é algo que pode, sim, acabar com tudo.

Compartilhe