Enfermeiras do HGE e outros podem parar por falta de salário 

Enfermeiras do HGE

Enfermeiras do HGE e outros podem parar atividades por falta de pagamento dos salários

“Não tem uma resposta concreta de quando vão passar o recurso”

As enfermeiras que trabalham em hospitais estaduais na Bahia podem paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira (27). O salário de abril, que deveria ter saído no quinto dia útil, até o momento não foi disponibilizado. Segundo a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia (Seeb), Lúcia Duque, até o momento não há previsão do pagamento. Enfermeiras do HGE…

Leia mais: Bruxo é morto após reagir abordagem da polícia em Portão

As enfermeiras da fundação estatal do Sus, ligada ao estado, trabalham no Hospital Ernesto Simões, Roberto Santos, no HGE e em alguns do interior. Até o presente momento não receberam o salário de abril. O pior é que não tem previsão. o dinheiro é repassado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que não dá nenhuma satisfação”, afirmou Lúcia em entrevista ao VN.

Segundo a presidente do sindicato, a única resposta da Sesab é “vamos verificar” e as enfermeiras não receberam nem o transporte para ir trabalhar. “O pessoal está sem dinheiro para ir trabalhar. Não tem uma resposta concreta de quando vão passar o recurso para a Fesf, que está esperando que o dinheiro entre para repassar às enfermeiras”.

Em assembléia realizada nesta quinta-feira (23), a categoria decidiu que caso o salário não seja pago até este final de semana, as atividades serão interrompidas. Segundo Lúcia, são 180 profissionais afetadas com o atraso de salário, todas impossibilitadas de honrar com seus compromissos. “A Sesab desde terça-feira diz que vai pagar, mas até agora não pagou”.

A reportagem do Varela Notícias solicitou o posicionamento da Secretaria de Saúde da Bahia, mas até o fechamento desta matéria não obtivemos respostas.

Compartilhe