De máscara, Moema culpa governo federal e Call Center continua funcionando

Moema culpa governo federal e Call Center continua funcionando

Funcionários de empresas de call center em Lauro de Freitas, entraram em contato com o site DEOLHO News nessa segunda-feira (23), reclamando contra a Tel Telemática, acusado de expor dezenas de funcionários da empresa ao suposto risco de se contaminarem pelo coronavírus.

Vídeos e fotos foram enviadas comprovando a exposição das pessoas sem o uso de qualquer equipamento de proteção individual ( EPI) para conter o vírus.

A Prefeitura de Lauro de Freitas teria revogado o decreto publicado no Diário Oficial, impedindo as atividades dessa categoria.

Após divulgarmos as imagens e vídeos em que mostram funcionários expostos ao risco de contágio pelo Covid-19, a prefeita publicou em sua página oficial a seguinte informação:

Sobre o funcionamento do Call Center.

Agora há pouco conversei com funcionários do Call Center que realizavam uma manifestação na Estrada do Coco, pedindo a suspensão das atividades da empresa. Em decreto publicado na última quinta-feira (19), suspendemos o funcionamento dos call centers, como forma de prevenir a contaminação dos funcionários e de seus familiares pelo novo coronavírus, no entanto, o Governo Federal publicou decreto nº 10.282, considerando os serviços de call center como essenciais, suspendendo desta forma os efeitos do nosso decreto.

Moema culpa governo federal

Informamos aos funcionários que ainda hoje vamos  dialogar com os responsáveis pela empresa para que suspendam o funcionamento por uma semana, e neste tempo criem condições para que os funcionários possam desempenhar suas atividades em  casa, tipo home office.  Caso nossa orientação não seja aceita, acionaremos a justiça para buscarmos a suspensão do funcionamento do Call Center. Neste momento, antes de qualquer coisa, precisamos impedir a proliferação do novo coronavírus, resguardando a saúde e o bem estar de todos.

Compartilhe