De mãos dadas, Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

O dia começou com a participação no ato ecumênico, que acontece nas escadarias da Igreja da Conceição da Praia

De mãos dadas na cerimônia que dá início à Lavagem do Bonfim, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) marcaram presença na Igreja da Conceição da Praia, em Salvador, para as celebrações. O dia começou com a participação no ato ecumênico, que acontece nas escadarias do santuário. Rui e Neto iniciam festejo da Lavagem do Bonfim

Leia mais: Filha mata o pai injetando veneno de carrapato na UTI

Terminado o primeiro ato da festa, teve início a tradicional caminhada, junto com o cortejo, para um dos pontos mais emblemáticos e visitados da capital baiana, a Igreja do Bonfim. Após o percurso, também está prevista a tradicional Lavagem do Adro da Basílica.

Fonte: Metro1

A Festa do Bonfim é uma celebração religiosa que tem lugar em Salvador da Bahia, Brasil. Acontece na segunda quinta feira do mês de Janeiro, com novenário solene e exposição do Santíssimo Sacramento pelo capelão da Igreja do Bonfim.“Símbolo do sincretismo religioso da Bahia.

A Festa não deve ser confundida com a tradicional Lavagem do Bonfim. A lavagem da Igreja teve início em 1773, quando os integrantes da “irmandade dos devotos leigos” obrigaram os escravos a lavarem a Igreja como parte dos preparativos para a festa do Senhor do Bonfim. Posteriormente, para os adeptos do candomblé, a lavagem da igreja do Senhor do Bonfim passou a ser parte da cerimônia das Águas de Oxalá.

A Arquidiocese de Salvador, então, proibiu a lavagem na parte interna do templo e transferiu o ritual para as escadarias e o adro. Durante a tradicional lavagem, as portas da Igreja permanecem fechadas e as baianas despejam água de cheiro nos degraus e no adro, ao som de toques e cânticos de caráter afro-religioso (embora atualmente o ritual se revista de um perfil ecumênico), que ocorre na quinta-feira que antecede festa e conta com grande participação do povo, que chega em carroças enfeitadas, e das tradicionais baianas, com seus vasos com água de cheiro.

Compartilhe