Celine Dion

Celine Dion reaparece após problemas de saúde

Celine Dion foi fotografada pela primeira vez em quase um ano. A cantora, flagrada por um paparazzo, estava de máscara e os cabelos com fios brancos. No momento, acompanhava os filhos gêmeos Nelson e Eddy, de 11 anos de idade.

Veja também: Professora larga emprego para ganhar R$ 500 mil vendendo nudes CLIQUE AQUI

Celine está isolada em sua mansão para tratar um problema de saúde desde que cancelou a residência em Las Vegas em outubro. Na época, ela anunciou que suspendeu os shows por conta de “espasmos musculares severos e persistentes”. As fotos foram divulgadas por uma agência internacional na última quarta-feira (9/2), mas o passeio aconteceu há algumas semanas. A saúde de Celine parece estar debilitada. O resto da turnê, marcada para a América do Norte em 2022, também foi cancelada.

“Ela não consegue mais se levantar da cama, nem se mover, nem andar. Ela sofre de dores nas pernas e pés que a paralisam. Ela está muito fraca e perdeu muito peso”, disse uma fonte, que não foi identificada, à revista Here.

Biografia de Céline Dion

Céline Dion nasceu em 30 de março de 1968, em Montreal, no Quebec. Mais nova de uma família de 14 filhos apaixonados por música, ela manifestou interesse particular pelo canto. Sua mãe, então, enviou uma fita com gravações suas a um produtor local, René Angéli, que se tornou, 14 anos depois, seu marido.

Em 1986, Céline sumiu de cena para “repensar sua aparência”: cabelos, dentes, sobrancelha, a cantora retornou metamorfoseada. Em 1988, sua fama cresce espantosamente. Mas seu sucesso acontece definitivamente em 1992, com o álbum “D’eux”, de autoria de Jean-Jacques Goldman. Foi o disco francófono mais vendido em todo o mundo.

Mas a intenção de Céline era conquistar os Estados Unidos. E em 1996, ela finalmente consegue. A cantora foi escolhida para cantar na abertura dos Jogos Olímpicos de Atlanta, para 3 milhões de telespectadores. Depois, ela virou hit de uma década com a música “My Heart will go on”, tema do filme “Titanic”, de 1997.

Um minuto, por favor…

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras custa tempo e dinheiro. Nós, do DEOLHO News, temos o compromisso diário de levar até os leitores conteúdos críticos, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Se você acredita no nosso trabalho, apoie da maneira que puder ou, se preferir… Faça uma Doação CLICANDO AQUI

Compartilhe