Caso Marielle: PF menciona ex-deputado Brazão como possível mandante

Caso Marielle

Caso Marielle: O advogado reiterou que “seu cliente nega qualquer envolvimento nas mortes de Marielle e Anderson”

Trecho do inquérito da Polícia Federal (PF) que investiga a obstrução da investigação sobre a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) menciona o ex-deputado estadual Domingos Brazão (ex-MDB) entre os suspeitos de ser um dos mandantes do crime. Caso Marielle

Leia mais: O caso raro de uma bebê que nasceu grávida do irmão gémeo

Duas fontes ligadas ao caso, confirmaram ao site UOL que essa é uma das linhas de apuração que constam no inquérito.

O trabalho da Polícia Civil está sendo investigado pela PF a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, após denuncias de supostas ações para desviar o foco das investigações.

Caso Marielle

O advogado de Domingos, Ubiratan Guedes, reiterou que “seu cliente nega qualquer envolvimento nas mortes de Marielle e Anderson”.

Compartilhe