Bruna Linzmeyer troca beijos com namorada em praia do Rio. Fotos!

Bruna Linzmeyer troca beijos com namorada em praia do Rio. Fotos!

Bruna Linzmeyer troca beijos com namorada
Bruna Linzmeyer e e a namorada, Priscila Visman, foram fotografadas na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, neste sábado, 21 de abril de 2018
A atriz e Priscila Visman foram fotografadas em clima romântico na praia da Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade, na manhã deste sábado (21). As duas trocaram carinhos e beijos na areia. Em recente entrevista, a artista falou sobre assumir o relacionamento: ‘Eu me apaixono por uma pessoa. Um dia me apaixonei por uma pessoa e era uma mulher. Eu tive o coração aberto para saber de onde vinha o desejo’
Priscila Visman

Bruna Linzmeyer e a namorada, Priscila Visman, são fãs de praia e aproveitaram o sol deste sábado (21) na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. De biquíni preto, a atriz exibiu o lado romântico e trocou carinhos e beijos com a companheira. As duas se bronzearam e, em seguida, deixaram a areia de mãos dadas e rindo bastante. Em recente entrevista, a artista contou que não teve problema em assumir o relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo: “Eu sempre segui meu coração. Eu me apaixono por uma pessoa. Um dia me apaixonei por uma pessoa e era uma mulher. Eu tive o coração aberto para saber de onde vinha o desejo”.

ATRIZ CONTA QUE INSPIROU MENINAS AO SE ASSUMIR GAY: ‘CONSEGUIRAM FALAR COM PAIS’

A atriz chegou a receber críticas ao assumir o namoro com Priscila. Porém, a artista disse que foi importante tornar público o relacionamento: “Já ouvi de algumas mulheres, meninas, que conseguiram conversar com os pais a partir de alguma declaração que eu fiz. E também da representatividade, né, quantas mulheres lésbicas famosas na mídia? Isso é muito importante. Eu fico pensando quais eram as referências que eu tinha. Quase nenhuma. É importante a gente falar e é tão normal. Por que a gente trata como se não fosse?”. “Nunca foi uma opção não falar. Eu sou lésbica e é isso. Eu não poderia não falar porque é a minha vida. É o que eu sou. E ao mesmo tempo eu fui descobrindo a importância de falar sobre isso, de ser lésbica e como isso é um ato político. De como a partir disso, a gente gera discursos”, completou.

ARTISTA CRITICA ASSÉDIO MASCULINO APÓS ASSUMIR SEXUALIDADE: ‘É MACHISMO’

Em conversa com o Purepeople, Linzmeyer disse que o assédio masculino aumentou depois de assumir o relacionamento homossexual e fez uma crítica: “Este assédio acontece com muita frequência. Mas pra mim não é assédio, é machismo. A mulher é muito objetificada. E isso na nossa sociedade acontece demais. As mulheres são sempre colocadas neste lugar de objeto pelos homens”.

Fonte: purepeople

Compartilhe