Briga entre vizinhos quase termina em tragédia em Itinga

Briga entre vizinhos

Briga entre vizinhos quase termina em tragédia na região metropolitana de Salvador

Um homem foi baleado pelo vizinho, na noite desta sexta-feira (21), no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Briga entre vizinhos….

Leia mais: Atirou no peito, na boca e na testa dela por causa de um pedaço de bolo

De acordo com o boletim registrado no posto da Polícia Civil no Hospital Geral do Estado (HGE) José Alberto Pereira Santos, 59 anos, foi encaminhado à unidade, depois de ser baleado na coxa esquerda. Ele teria se desentendido com um vizinho.

Ainda segundo a polícia, José Alberto estava chegando em casa, por volta da meia-noite, quando foi surpreendido pelo vizinho, um homem identificado inicialmente como Sílvio. Não há informações sobre o seu estado de saúde. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Lauro de Freitas é a segunda cidade mais violenta do país; outros três municípios baianos estão nos 10 mais

Quatro cidades baianas estão entre os dez municípios mais violentos do país, segundo o Atlas da Violência 2017, divulgado nesta segunda-feira (5). De acordo com o ranking, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), é a segunda cidade do pais com a maior taxas de homicídio e de mortes violentas.

O estudo analisa os dados mais recentes do Ministério da Saúde, referentes ao ano de 2015, e utiliza como critério a soma das taxas de homicídio e de mortes violentas com causa indeterminada (índice classificado pela sigla ‘MVCI’). Outros três municípios baianos aparecem no ranking: Simões Filho, na quinta posição, Teixeira de Freitas, na sétima, e Porto Seguro, na nona.

O ranking só leva em consideração cidades que possuem população superior a 100 mil habitantes, e oito dos 10 primeiros municípios estão no Nordeste. Veja o ranking das cidades mais violentas:

1º – Altamira (Pará), com taxa de 107 homicídios por 100 mil habitantes
2º – Lauro de Freitas (Bahia), com 97,7
3º – Nossa Senhora do Socorro (Sergipe), com 96,4
4º – São José de Ribamar (Maranhão), com 96,4
5º – Simões Filho (Bahia), com 92,3
6º – Maracanaú (Ceará), com 89,4
7º – Teixeira de Freitas (Bahia), com 88,1
8º – Piraquara (Paraná), com 87,1
9º – Porto Seguro (Bahia), com 86,0
10º – Cabo de Santo Agostinho (Pernambuco), com 85,3

Compartilhe