Bandidos assaltam na “cara dura” a luz do dia em Lauro de Freitas

Bandidos assaltam na "cara dura"

Bandidos assaltam na “cara dura” a luz do dia em Lauro de Freitas

A onda de violência que assola Lauro de Freitas parece interminável, moradores, turistas e comerciantes estão assustados com o crescimento no número de todos os tipos de ocorrências sem distinção de bairros no município. Bandidos assaltam na “cara dura”…

Leia mais: Dupla é assassinada com vários tiros em Lauro de Freitas

Nos últimos dias, alguns casos ganharam a mídia, entre eles o de um homem ainda não identificado que quebrou a parede, invadiu e assaltou uma loja de andaimes, na Estrada do Coco.

Leia mais: Fábrica de gelo em Lauro de Freitas era abastecida com “gato de água”! Dívida chega a R$ 57 mil.

Segundo o dono da loja, o assaltante chegou a levar sete máquinas, entre elas, uma máquina de solda, três furadeiras e uma serra mármores, novas. E criminosos estão mais corajosos, os crimes tem sido cometidos a qualquer horário e local.

Nesta quarta ás 11:30 da manhã, a funcionária de uma empresa em Vilas do Atlântico, foi surpreendida por dois assaltantes em uma moto preta, os meliantes levaram o celular da vítima, o crime foi registrado pelas câmeras de seguranças.

A Segurança Pública é um tema sempre presente, e apesar de ser dever do Estado, não exime a co-responsabilidade de outros âmbitos dos poderes, autoridades, e o terceiro setor, para debater, refletir, e sugerir alternativas, contribuindo para minorarmos os impactos da violência em nosso dia a dia.

Terra dos Homicídios: Lauro de Freitas é a segunda cidade mais violenta do Brasil

O município de Lauro de Freitas ganhou destaque na imprensa nacional de uma forma trágica: é a segunda cidade mais violenta do Brasil, de acordo com o Atlas da Violência 2017, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), tendo como base os dados de 2015.

Com uma população de 191.436 habitantes, Lauro de Freitas registrou 177 homicídios, o que equivale a uma taxa de 92,5%. O município baiano só perde para a cidade de Altamira (PA), cuja taxa é de 105,2%. Simões Filho (84,1%), Teixeira de Freitas (72,2%) e Porto Seguro aparecem na lista dos dez municípios mais violentos do Brasil.

Brasil
A pesquisa do IPEA e FBSP utilizou a base de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, em 2015. Neste ano houve 59.080 homicídios no país, o que equivale a uma taxa por 100 mil habitantes de 28,9%.

Para se ter uma noção do absurdo, em apenas três semanas, o total de assassinatos no Brasil supera a quantidade de pessoas que foram mortas em todos os ataques terroristas no mundo, nos cinco primeiros meses de 2017, e que envolveram 498 casos, resultando em 3.314 indivíduos mortos.

Compartilhe