Aumenta número de pessoas que deixam de rebocar a parede para comprar iPhone

Aumenta número de pessoas que deixam de rebocar a parede para comprar iPhone

Aumenta número de pessoas que deixam de rebocar a parede para comprar iPhone

Pesquisa aponta que as pessoas estão preferindo comprar iPhone a ter que rebocar a parede de casa

Pode parecer hilário, mas é hilário sim. Uma pesquisa feita por uma ONG que estuda as selfies tiradas de aparelhos da Apple, ou seja, tiradas de iPhone aponta que parte da população prefere comprar um aparelho iPhone a ter que rebocar a parede da casa. Aumenta número de pessoas que deixam de rebocar a parede para comprar iPhone

Leia mais: BOMBA: Bolsonaro obriga Globo a pagar R$ 358 milhões em impostos sonegados

Segundo o pesquisador, os sacos de cimento ficam para trás por uma questão de status da nova sociedade. “A pessoa se sente mais bonita fazendo selfie com iPhone, mesmo com a parede sem reboco, do que com usando outro aparelho celular com a parede rebocada e pintada”, disse.

Este número tende a aumentar ainda mais, uma vez que o dinheiro está curto e a crise está brava e as parcelas do iPhone consomem todo o limite do cartão de crédito.

Ter uma vida confortável e sem preocupações financeiras é um desejo quase universal. No entanto, a vontade exacerbada em ter roupas de grife, equipamentos eletrônicos de última geração, produtos e serviços caros e luxuosos não segue a mesma lógica e podem sinalizar um problema: autoestima em baixa. O mal da sociedade moderna, em que o status é valorizado pelo consumo e exclusividade, atinge principalmente crianças e adolescentes, segundo estudo feito nos Estados Unidos.

De acordo com os estudiosos, a autoestima é um fator essencial no apego aos bens materiais. Crianças e jovens com baixa autoestima valorizam suas posses muito mais que as crianças confiantes. “Possuir coisas é um amuleto no reforço da autoestima. Os bens materiais ajudam a neutralizar a ansiedade e as inseguranças que sofremos em diferentes graus no dia a dia. Quanto mais temos, desencadeamos nas pessoas sentimentos que misturam admiração e inveja. E este é o componente principal do narcisismo”.

Aumenta número de pessoas que deixam de rebocar a parede para comprar iPhone

Compartilhe