Após ter a internet cortada, filho reencontra mãe que morava na mesma casa

internet cortada

Filho reencontra mãe que morava na mesma casa após internet cortada

E normal hoje em em dia, as pessoas darem mais valor na vida virtual através de redes sociais, do que às vezes, dar um pouco de atenção à quem realmente precisa: Mãe, Pai, Filhos, Esposa, Marido. A internet cortada…

Leia mais: PM é estuprado por travesti e fica com ânus sangrando no RJ

Perdemos muito tempo na frente de um tela, tentando ser o que não somos e fingindo entender aquele assunto que todo mundo está falando. INTERNET é bom, mas como tudo em excesso faz mal, use com moderação.

A vida passa, o tempo é cruel e não volta atrás. Responde mil comentários, dá mais de mil opiniões, mas dentro de casa não fala nem bom dia pra família. De valor a vida, ame, é de graça!

Carl Jung afirma que o mal tem existência real. Muitas religiões também fazem essa mesma afirmação. Não podemos negligenciar essa premissa. Em alguma instancia, consciente ou inconsciente, ele está em nós e sua atuação pode ser devastadora.

As relações pessoais se dão entre as consciências, mas também acontecem no âmbito do inconsciente e de forma cruzada do inconsciente de um para a consciência do outro. Assim, vão além do perceptível, e muito do que acontece quando interagimos com as pessoas foge do domínio da consciência.

Dessa maneira algumas vezes podemos afetar inconscientemente o outro, despertando e ativando algum complexo com grande potencialidade maléfica. E isso pode acontecer mesmo quando a relação com o outro não estava, aparentemente, ligada ao núcleo emocional do complexo.  Mas, mesmo assim, quando ativado contamina todo o entorno relacional, por conta dos seus aspectos psicóides e transpessoais.

Atualmente, com os recursos tecnológicos e a velocidade das comunicações, esses complexos podem ser transformados em armas de destruição psíquica, podendo levar até mesmo ao suicídio.

Compartilhe