8 bairros de Salvador poderão ter contaminação acelerada pelo coronavírus

Salvador: oito bairros poderão ter contaminação acelerada pelo Covid-19

Oito bairros de Salvador apareceram como os mais suscetíveis a disseminação acelerada do coronavírus, segundo um estudo divulgado pelo grupo GeoCombate Covid-19 BA, da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Conforme o levantamento, os bairros do Tororó, Vila Canária, Santa Cruz, Pirajá, Nova Constituinte, Santa Luzia, Boa Vista de São Caetano e Sussuarana são os mais propícios.

As condições sanitárias e o fluxo de transporte foram utilizados como fatores importantes para classificar as regiões como mais propensas. Os dados analisados foram coletados em 23 de março e os bairros mais vulneráveis ficam nas regiões centrais da Área Urbana Consolidada e no Subúrbio Ferroviário e Miolo.

O último boletim divulgado pela Secretaria do Estado da Bahia (Sesab) apontou duas mortes por coronavírus, ambas em Salvador, 176 casos confirmados da doença no estado, 1.393 descartados e 17 pacientes curados.

As cidades que já possuem casos confirmados do novo coronavírus na Bahia são: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Canarana (1); Conceição do Jacuípe (1); Conde (1); Dias d’Ávila (1); Feira de Santana (12); Ilhéus (2); Itabuna (2); Itagibá (1); Itamaraju (1); Itororó (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (11); Pojuca (1); Porto Seguro (10); Prado (3); Salvador (117, sendo três importados); São Domingos (1) e Teixeira de Freitas (1).

Compartilhe